Buscar

Coronavírus - O que o Estado pode fazer?

O que, de fato, o Paraná tem feito para reduzir a contaminação do Covid19? E quais os atos adotados para a manutenção e a recuperação da economia? | - Por Requião Filho:

Amigos, a pergunta acima é bastante capciosa, pois hoje não se fala em pandemia sem analisar seus efeitos na economia mundial. O Paraná segue com discursos bonitos, mas na prática, não vemos nada acontecer. Os números do COVID-19 não param de crescer e enquanto isto a economia do Estado segue à deriva.

O Governo fala em combater o COVID-19, mas publica decretos em tom de recomendação. Os paranaenses sofrem e o único que agradece é o vírus!

O Governo fala em estratégias para a retomada da economia no pós-pandemia, mas ninguém sabe quais seriam as ações adotadas para isto, tampouco se sabe quando poderemos viver de forma plena, com um mínimo em educação, saúde e segurança.

É o Governo dos termos bonitos. Fala-se "ação estruturante", "economia pujante", "setor produtivo forte", mas na prática, só existe estrutura, incentivo e força para as grandes empresas. Os pequenos e médios seguem a míngua, esperando transparência para poder se planejar.

Estamos condenados até não se sabe quando, a vivermos no desespero econômico? Realmente, o Estado nada pode fazer agora?

Não duvido das boas intenções do vice-governador, escolhido como porta voz da futura salvação, mas meras palavras não alavancam empregos, não fazem a indústria funcionar, não geram o bem-estar social, muito menos salvam vidas nesse momento difícil!

Já falei sobre todo este discurso midiático do Governo em artigo anterior (leia aqui: de boas intenções o inferno tá cheio), mas hoje resolvi dar uma mãozinha para nossos administradores e estou propondo um Projeto de Lei para auxiliar na Revitalização das Empresas Paranaenses.

Sem endividar o Estado, sem buscar recursos no exterior, sem atender apenas as gigantes multinacionais instaladas nosso território, apresento um Projeto privilegia o empresário local, aquele que gera emprego e renda na sua cidade, aquele que pode manter a economia do Paraná ativa.

Desde o início da pandemia tenho praticamente implorado ao Governador pela redução de imposto, pelo fim da Substituição Tributária, para que volte seus olhos aos pequenos e médios empresários, mas nada tem sido feito. Quem sabe agora, através de uma proposta formal, o Executivo entenda que deve voltar seus olhos para os paraenses.


Um Estado forte e focado é capaz de manter hígida sua base econômica. O Paraná pode ser mais!




51 visualizações

Praça Nossa Senhora de Salette, s/nº
Gabinete 101 - 1º Andar - Centro Cívico

Curitiba - Paraná

CEP: 80530-911

Siga Requião Filho nas Redes Sociais

  • TikTok
  • Face do Requião Filho
  • Twitter do Requião Filho
  • YouTube do Requião Filho
  • Instagram do Requião Filho
  • Flickr do Requião Filho
  • SoundCloud  do Requião Filho