Buscar

Audiência Pública vai debater o risco de apagão e a privatização da Eletrobrás

Reunião está sendo organizada pelo Senge, Fórum em Defesa da Copel e pelos deputados Goura e Requião Filho.

Deputados Requião Filho e Goura | Foto: Dálie Felberg / Arquivo ALEP

A privatização da Eletrobrás, a crise hídrica e o risco de apagão no Paraná e no Brasil serão temas de uma audiência pública na Assembleia Legislativa do Paraná, na próxima segunda-feira, dia 25 de outubro, às 10h. A reunião será realizada de forma virtual, e com transmissão pela TV Assembleia e Redes Social da Alep.


O objetivo é debater a crise hídrica e energética no país, o risco de apagão e os custos do aumento de energia produzido pelas termelétricas. Discutir a infraestrutura brasileira, o papel da União e estados, empresas e a falta de investimentos no Setor. A audiência foi proposta pelo Senge Paraná, o Fórum em Defesa da Copel e os mandatos dos deputados estaduais Goura Nataraj e Requião Filho.


“Caso nada seja feito, o setor de energia será novamente um gargalo ao crescimento econômico no início da próxima década. Crescendo de 3% a 4% ao ano, chegaremos em 2021-22 altamente dependentes da geração termelétrica a óleo e carvão, elevando preços e ocorrências de blecautes (apagões)”.


Este texto consta do Plano de Governo do presidente Jair Bolsonaro, em 2018. Três anos depois, especialistas não se perguntam se vai ter apagão no país, mas quando e com qual intensidade? Também perguntam qual é o custo e como o Brasil vai pagar essa conta. As respostas ou suspeitas serão debatidas na audiência pública.



Serviço:

AUDIÊNCIA PÚBLICA

“A privatização da Eletrobrás, a crise hídrica e o risco de apagão no Paraná e no Brasil”

Quando? 10h - 25/10/2021

Onde? Assembleia Legislativa do Paraná (Acompanhe ao vivo via redes sociais e TV da ALEP)

25 visualizações

Posts recentes

Ver tudo