Buscar

Usando pretexto de combater transporte clandestino, Urbs multa e persegue motoristas de aplicativos


O deputado estadual Requião Filho (MDB/PR) recebeu esta semana em seu gabinete representantes da UNMA - União Nacional de Motoristas de Aplicativo. A preocupação do setor é que, em guerra contra o transporte pirata em locais estratégicos de Curitiba, a Urbs tem afetado de maneira equivocada os motoristas de serviços como Uber, 99Pop, Taxi Easy e outros. Em especial, nesse feriado prolongado de Carnaval.

Diferente dos aplicativos que são regularizados e autorizados a circular em Curitiba, o transporte clandestino vem sendo oferecido diretamente aos passageiros, com motoristas sem qualquer cadastro e que abordam os passageiros em locais de grande movimento, mas que na realidade não representam nenhuma empresa.

Sem qualquer regularização, eles se fazem passar por serviço de aplicativo, ou até dizem que são independentes, mas não possuem autorização para o transporte de passageiros. E nessa fiscalização, sobrou para os aplicativos regularizados!

Para o presidente da UNMA, Adriano Alves Orosco, a perseguição da Urbs é feita de maneira maldosa e tem se intensificado nesse início do ano, com multas indevidas aos motoristas de Uber que "ousarem" entrar na rodoferroviária e em outros pontos considerados estratégicos da cidade, para fazer o transporte de passageiros.

"Já não é de hoje que sabemos desta rivalidade entre a Urbs e os motoristas de aplicativo, que estão ali trabalhando legalmente, regularizados pela prefeitura. São pessoas honestas preocupadas em sustentar suas famílias. Há espaço para todos trabalharem, de maneira regularizada. Mas o que parece é que muitos setores tradicionais da cidade ligados à URBS não entendem é que a mobilidade nas grandes cidades mudou nos últimos anos e este sistema dos aplicativos veio pra ficar, é um caminho sem volta. É preciso que haja respeito entre todos", declarou Requião Filho.

O parlamentar afirmou que vai marcar uma audiência com a prefeitura nos próximos dias para que providências urgentes sejam tomadas. E um projeto de lei também já está nos planos.

"São 23 mil motoristas cadastrados em empresas de aplicativo, tentando realizar seu trabalho honestamente, só na região de Curitiba. E não é justa esta perseguição. Vamos elaborar um projeto de lei modelo para disponibilizar aos vereadores dos municípios paranaenses que garanta a livre circulação e o trabalho dessas pessoas".

Na foto com o deputado, o presidente da UNMA Adriano Alves Orosco, e os membros da entidade Geovani Dalla Stella da Silva e Marlus Fábio Coelho.

#urbs #uber #taxi #99taxi #aplicativo #transporte

101 visualizações

Praça Nossa Senhora de Salette, s/nº
Gabinete 101 - 1º Andar - Centro Cívico

Curitiba - Paraná

CEP: 80530-911

Siga Requião Filho nas Redes Sociais

  • Face do Requião Filho
  • Twitter do Requião Filho
  • YouTube do Requião Filho
  • Instagram do Requião Filho
  • Flickr do Requião Filho
  • SoundCloud  do Requião Filho