Buscar

Requião Filho comenta episódio de professores em frente ao Restaurante Madalosso


Um manifesto em frente ao Restaurante Madalosso, em Santa Felicidade, na noite desta segunda-feira, terminou em bate-boca e confusão. Uma professora que estava no protesto contra o governador Beto Richa (PSDB), foi humilhada por um dos convidados da festa, identificado como Luiz Antonio Gatti, assessor da governadoria estadual. "Chamou os professores de mortos de fome, comedores de mortadela. Agrediu toda a classe, foi deselegante", pontuou o deputado estadual Requião Filho (PMDB) em seu discurso na Assembleia.

"Se os professores são mortos de fome, é porque o governador, do SEU partido, não lhes pagou a data base que era devida. É porque o seu governo não paga as horas-aula devidas, não acerta o salário dos professores. Se são mortos de fome, a culpa é do governador".

#professores #manifestações

10 visualizações

Posts recentes

Ver tudo