Buscar

Requião Filho critica projeto que entrega, por 60 anos, rodovias paranaenses ao Governo Federal

Deputado classificou como “péssimo negócio para o Paraná”.

Discurso de Requião serviu pra alertar deputados | Foto: Dálie Felberg / ALEP

O Deputado Estadual Requião Filho hoje, mais uma vez, se somou à bancada de oposição na Assembleia Legislativa (Alep) para criticar o Projeto de Lei apresentado pelo governo Ratinho Jr. que autoriza o Poder Executivo a delegar por 60 anos a administração e exploração das rodovias estaduais à União. Da tribuna, os deputados classificaram o PL como “absurdo”, “um péssimo negócio para o Paraná” e “engodo” e pediram união da sociedade paranaense contra a medida.


O projeto prevê a delegação à União pelo prazo de 30 anos prorrogáveis por mais 30 da administração e exploração das estradas e trechos de rodovias, sem especificar quais delas, exatamente, prevendo apenas, de forma genérica, que a formalização será feita mediante convênio.


Requião Filho alertou que a entrega das rodovias estaduais é um péssimo negócio para o Paraná.

Requião Filho alerta pontos frágeis no projeto do Pedágio | Foto: Dálie Felberg
“Querem entregar por 60 anos todas as estradas do Paraná, sem definir quais delas serão entregues, sendo que as obras destas estradas ficarão de responsabilidade do governo estadual caso não sejam incluídas no pedágio. Um péssimo negócio! Ninguém sabe ao certo como será. Não teremos licitação por menor preço, será muito parecido com o modelo de outorga. A oposição vai fazer o que for preciso para que o Paraná não caia nas mãos dessa fórmula de pedágio por mais seis décadas.”

Assista:


171 visualizações

Posts recentes

Ver tudo