Buscar

Quanto vale a sua conta de água?

O mês de fevereiro está chegando e, com ele, mais um reajuste nas tarifas de água da Sanepar. Preocupado com essa situação, o deputado estadual Requião Filho fez uma análise detalhada dos números que envolvem a administração pública da Sanepar, de 2003 a 2021, para tentar entender se há realmente a necessidade de tantos aumentos nas contas de água da população. O resultado foi assustador. Será que precisava tanto?

Confira:

Governo MDB - Requião

De 2003 a 2010:

- Aumento acumulado de 22,66% em oito anos de Governo, considerando que a tarifa ficou congelada de 2005 a 2010;

- Já a Inflação acumulada no mesmo período foi de 56,68% pelo Ipca – 66,23% Igp-m Fgv – Inpc 57,04%.

- As tarifas ficaram abaixo da inflação na média em 150% naquele período;

- Foram realizadas inúmeras políticas públicas em prol da sociedade, buscando fomentar o desenvolvimento e geração de emprego e renda.


Governo – PSDB – Richa

De 2011 a 2018:

- Aumento acumulado de 135 % em oito anos de governo.

- As tarifas ficaram acima da inflação na média em 126%% nesse período.


Governo – Ratinho Jr

De 2019 até agora:

- Nesses dois primeiros anos de governo, as tarifas já somam um reajuste de 17,87% (já considerando o reajuste de fevereiro de 2021 de 5,12% referente postergação Agepar no fim do ano passado);

- A inflação acumulada de do INPC de 10,17%;

- Em resum,o a tarifa ficará acima da inflação acumulada em 75,12%.

- As tarifas da Sanepar terão reajustes de 5,11% a partir de fevereiro de 2021, confirmado pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná (Agepar), em 29 de dez. de 2020;


Destaques técnicos:


- O Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M) é um indicador que mede a variação de preços para reajuste de contratos de aluguéis, energia elétrica e telefonia. Calculado mensalmente pela Fundação Getúlio Vargas, ele sofre influências de outros indicadores e do dólar para seu cálculo.26 de jun. de 2020


- O Sistema Nacional de Índices de Preços ao Consumidor – SNIPC produz contínua e sistematicamente o Índice Nacional de Preços ao Consumidor – INPC que tem por objetivo a correção do poder de compra dos salários, através da mensuração das variações de preços da cesta de consumo da população assalariada com mais baixo


- O IPCA é o Índice de Preços para o Consumidor Amplo. Esse importante índice é medido mensalmente pelo IBGE para identificar a variação dos preços no comércio. Ele é considerado, pelo Banco Central, o índice brasileiro oficial da inflação ou deflação.

109 visualizações