Buscar

Professores da rede estadual têm comentários bloqueados em rede social da ALEP

"O que pretendem com esse tipo de atitude"?, questionou Requião Filho.


Foi ao longo da sessão plenária desta terça-feira (08) que os professores, que assistiam à transmissão pelo Facebook oficial da Assembleia Legislativa, começaram a perceber que seus comentários estavam sendo bloqueados pelo administrador da página. De imediato, alguns começaram a procurar pelos deputados individualmente, em seus perfis, questionando o ocorrido. Mas ao que parecia ser um problema técnico ou algum caso isolado, se revelou uma demonstração de completa censura dentro da Casa de Leis.


Para o Deputado Requião Filho, o papel democrático da Assembleia deve ser exemplo de cidadania para todos e não cercear a opinião do público, que acompanha o trabalho de seus representantes políticos.

“Ficamos sabendo que toda a diretoria da APP Sindicato está bloqueada no Face da Assembleia, para não comentarem mais nada. O que pretendem com esse tipo de atitude?”, questionou.

O deputado vai cobrar uma explicação formal da Secretaria de Comunicação da Assembleia Legislativa, que é a responsável pela administração do perfil oficial do legislativo estadual nas redes sociais.

893 visualizações

Praça Nossa Senhora de Salette, s/nº
Gabinete 101 - 1º Andar - Centro Cívico

Curitiba - Paraná

CEP: 80530-911

Siga Requião Filho nas Redes Sociais

  • TikTok
  • Face do Requião Filho
  • Twitter do Requião Filho
  • YouTube do Requião Filho
  • Instagram do Requião Filho
  • Flickr do Requião Filho
  • SoundCloud  do Requião Filho