Buscar

Policiais divulgam carta sobre horas-extras e Requião Filho pede providências do MPT

Deputado encaminhou documentos e postagens de policiais denunciando abusos do Governo Ratinho Jr. para suprir a falta de efetivo na Polícia Militar do Paraná.

Foto: Orlando Kissner

O Deputado Estadual Requião Filho encaminhou nesta segunda-feira (22) um pedido de providências ao Ministério Público do Trabalho no Paraná, em relação às denúncias recebidas de policiais militares, que têm sido submetidos à escalas extraordinárias extenuantes. Na última semana, o parlamentar também cobrou explicações do Comandante Geral da PMPR, mas ainda não obteve resposta. No documento, foram anexadas postagens em redes sociais e uma carta sobre a jornada-extra de 50, 60 horas, que teria sido instituída à corporação, causando desgaste físico e mental dos policiais.


“…nosso ciclo de descanso está sendo prejudicado. E é justamente nesse período que se reúne forças para o segmento normal de uma escala de trabalho”, diz a carta.


“As reclamações têm sido constantes e registradas de forma generalizada, em todo o Estado, revelando as precárias condições de trabalho dos policiais militares e da segurança pública do Paraná”, justificou o Deputado.

O documento foi protocolado sob o número de registro 20.02.0900.0001763/2021-30 e não há prazo definido para resposta do MPT-PR.

159 visualizações

Posts recentes

Ver tudo