Buscar

Medidas restritivas de isolamento são necessárias, mas...

“Não é a saúde contra a economia. É a saúde em primeiro lugar com o Estado dando condições para que a economia não vá por água abaixo”, apontou Requião Filho.

O Deputado Estadual Requião Filho, em entrevista ao jornal Folha de Londrina nesta quarta-feira, falou sobre as medidas restritivas de isolamento, aplicadas pelo Governo do Paraná, por mais duas semanas, em regiões críticas do Estado. Porém, apesar de reconhecer a importância da medida, mesmo que tardia, e apontou que faltam medidas de proteção social e auxílio econômico por parte do Estado.

“Infelizmente, o Ratinho demorou muito para fazer o que deveria ter sido feito. Essas medidas restritivas vão afetar o bolso do paranaense e não há por parte do governo incentivos para manter a economia, manter os empregos, gerar renda e garantir que as empresas não fechem”.

Confira matéria completa na Folha de Londrina


Serão mais 14 dias com comércio, shoppings, salões de beleza, academias fechadas em 134 municípios do Paraná. As regiões afetadas pela medida incluem a de Curitiba, Cascavel, Londrina, Toledo, Cianorte, Cornélio Procópio e Foz do Iguaçu. Para pessoas físicas, as multas podem variar de R$ 106,34 a R$ 531,70 e para as empresas entre R$ 2.126,80 e R$ 10.634 podendo dobrar em caso de reincidência. A fiscalização será feita pela Secretaria de Segurança Pública, em parceria com as guardas municipais.

40 visualizações

Praça Nossa Senhora de Salette, s/nº
Gabinete 101 - 1º Andar - Centro Cívico

Curitiba - Paraná

CEP: 80530-911

Siga Requião Filho nas Redes Sociais

  • TikTok
  • Face do Requião Filho
  • Twitter do Requião Filho
  • YouTube do Requião Filho
  • Instagram do Requião Filho
  • Flickr do Requião Filho
  • SoundCloud  do Requião Filho