Buscar

Deputado encaminha sugestão de projeto social para adestramento de cães abandonados

Proposta foi elaborada por especialista no tema, com foco em trabalho social com meninas infratoras.


O deputado estadual Requião Filho (MDB) encaminhou esta semana à Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho - SEJUF, um projeto que pretende capacitar jovens meninas infratoras, atendidas por instituições sociais do Paraná, para auxiliar na recuperação e resgate de animais abandonados.


A ideia surgiu da adestradora Maria Cristina Simões de Oliveira, que encaminhou a proposta ao gabinete do parlamentar, sugerindo uma forma pioneira no país para ajudar a suprir as demandas de Ongs que tratam de cães em situação de abandono. Ao mesmo tempo, traria a oportunidade de capacitar meninas menores infratoras, atendidas em instituições sociais, para ajudar nos trabalhos de adestramento animal.


“A ideia consiste em criar uma forma de recuperar os cães abandonados, visto que quando são treinados eles ficam muito mais sociáveis e são facilmente adotados. O treinamento dos animais seria executado por meninas menores infratoras, de até 18 anos, capacitadas por profissionais especializados em adestramento e instituições parceiras”, justificou Maria Cristina.

Por ser um programa de ação social de competência do Estado, Requião Filho acredita que a ideia possa trazer resultados positivos, tanto para os animais quanto para as jovens, e assim, contribuir com um mercado de trabalho que está em amplo crescimento.


“Ajuda no psicológico dessas jovens, no desenvolvimento de suas capacidades pessoais e profissionais, e também promove uma forma interessante de prepará-las para um mercado de trabalho que é muito rentável hoje em dia. Um cão bem adestrado tem mais chances de conseguir um novo lar. E assim também melhora a autoestima dessas meninas e traz uma oportunidade de futuro para elas”.

O programa social precisa ser analisado pelo Secretário Ney Leprevost para então ser aplicado ou não no Paraná.

73 visualizações