top of page
Buscar

Audiência Pública movimenta ALEP em defesa da Copel

Bancada paranaense pede a Lula que revogue decreto bolsonarista, que inclui hidrelétricas do Paraná em programa de privatização.

Deputados defendem estatal paranaense | Foto: Eduardo Matysiak

Por proposição do deputado Arilson Chiorato (PT), coordenador da Frente Parlamentar Estatais e das Empresas Públicas, foi realizada nesta segunda-feira (17), uma audiência pública sobre a privatização da Copel e os impactos na economia do estado do Paraná.


Estavam presentes as deputadas Luciana Rafagnin (PT) e Ana Júlia (PT) e os deputados Professor Lemos (PT), Requião Filho (PT), Goura (PDT), Doutor Antenor (PT) e Renato Freitas (PT), além dos deputados federais Tadeu Veneri (PT) e Elton Welter (PT).


O ex-governador e ex-senador Roberto Requião participou da reunião e declarou que “o mundo sabe que a energia elétrica é o principal insumo do desenvolvimento, por isso manter a Copel é decisão estratégica”. O deputado Requião Filho (PT), por sua vez, declarou que “é preciso explicar para todos os segmentos da sociedade a importância de manter a Copel e não privatizá-la. Explicar para o Agro que a Copel privada aumentará os custos de produção, explicar para a indústria que a energia cara aumentará os custos de produção, explicar para os empresários que o a energia cara irá comer o seu lucro. Ou explicamos para todos os paranaenses a importância desta empresa pública ou ficaremos falando apenas para nós mesmos”.


Ao final da audiência pública os dirigentes dos partidos, sindicatos de trabalhadores, representantes da Federação do Comércio, Federação dos Trabalhadores Rurais e Agricultores Familiares, Sindicato dos Engenheiros e Movimentos Sem Terra e Sem Teto, assim com representantes de estudantes ouviram a leitura da Carta Manifesto apoiada por todos os presentes contra a privatização da Copel.


Assista na íntegra:












 

GALERIA DE IMAGENS

Créditos: Eduardo Matysiak


74 visualizações

Comments


bottom of page