Buscar

Aprovação do Colégio Cívico-Militar merece mais atenção

Requião Filho pede análise mais apurada antes de aprovar projeto do Governo.|

"Temos que tratar a Educação com mais respeito" (Foto: Dálie Felberg)

A proposta de autoria do Executivo, que autoriza e regulamenta o funcionamento de até 200 Colégios Cívico-Militares no Paraná, vem avançando na Assembleia Legislativa. O projeto de lei 543/2020 tramita em regime de urgência e aprovado na tarde desta segunda-feira (28), mas gerou críticas dos deputados de oposição.

Na última semana, Requião Filho já alertava que o projeto estava mal escrito e venderia uma falsa sensação de disciplina-extrema aos alunos.


O Governo propõe que a gestão compartilhada nas escolas, entre militares e civis, ocorra já do 6.º ao 9.º ano do Ensino Fundamental e no Ensino Médio. E isso trará um custo-extra bem representativo. Segundo análise elaborada pela liderança de oposição, serão gastos R$ 65.507.907,00 a mais por ano, para implementar este projeto. Deste valor, R$ 40,3 mil para uniformes e outros R$ 25,5 mil com o pagamento das diárias dos policiais.

“Temos que tratar a Educação com mais respeito e com um pouco menos de discurso e bravata política. Não é porque estamos em pleno período eleitoral que vamos aprovar no afogadilho um projeto de tamanha repercussão”.

Assista ao encaminhamento desta segunda-feira, 28 de setembro:


3 visualizações

Praça Nossa Senhora de Salette, s/nº
Gabinete 101 - 1º Andar - Centro Cívico

Curitiba - Paraná

CEP: 80530-911

Siga Requião Filho nas Redes Sociais

  • Face do Requião Filho
  • Twitter do Requião Filho
  • YouTube do Requião Filho
  • Instagram do Requião Filho
  • Flickr do Requião Filho
  • SoundCloud  do Requião Filho