Buscar

Descaso do Governo com investimentos em rodovias paranaenses deve resultar em novos pedágios, para o


Requião Filho esteve esta semana em diversos municípios da região sudoeste e, circulando pelas rodovias esburacadas, conversou com a população sobre a falta de investimentos em infraestrutura no Estado. Nas redes sociais, o deputado criticou a situação das estradas e o silêncio político em torno do anúncio recente de um acordo entre o Paraná e a União, que prevê novas concessões de pedágio em mais seis rodovias até 2021.

“Além das atuais praças, serão pedagiadas com o Governo Federal mais 4,1 mil quilômetros de estradas até 2021 e quem vai continuar a pagar essa conta somos todos nós. Cadê aqueles políticos que se elegeram no ano passado com discurso ferrenho contra o pedágio? Onde estão?”, questionou.

Uma enquete publicada em uma de suas redes sociais pediu a manifestação de opinião da população a respeito do assunto.

O resultado foi enfático! Das milhares de participações, em 24 horas, a maioria dos seguidores do parlamentar opinou CONTRA o pedágio!

"Privatizar é inviável para o povo", respondeu um seguidor. "Pedágio no Paraná é um absurdo", disse outro.

"O Governo foi eleito para trabalhar, para fazer todas essas obras e acabar com o pedágio. Algo que já era para estar extinto no Paraná há tanto tempo, há pelo menos nove anos, desde que nosso Governo Requião deixou todas as ações prontas para acabar com esses contratos 'na cara do gol' e o sucessor, ao invés de finalizar o que todo mundo esperava, retirou TODAS ações contra as concessionárias. Aí vieram os aumentos, as denúncias de corrupção e a coisa só piorou! O descaso tomou conta e os últimos anos têm sido de total abandono de tudo aquilo que o Governo Roberto Requião construiu e cuidou com tanto carinho para o povo paranaense. E qual a solução encontrada pelo atual governo para se esvair da responsabilidade? Criar MAIS PEDÁGIO!", criticou Requião Filho.

Na próxima segunda-feira (30), a Secretaria de Estado da Fazenda deve apresentar os resultados do último quadrimestre na Assembleia Legislativa. Em linhas gerais, Requião Filho analisa que, assim como o último governo, este põe a culpa da falta de investimentos no endividamento do Estado e na crise nacional.

"São desculpas e mais desculpas. Está terceirizando o que foi eleito para fazer. Cadê o planejamento financeiro? Até agora, somente projetos que não possuem análises concretas de resultados ou sequer o apontamento de quem vai fazer o quê. Ao que parece, é mais uma gestão vazia, igual a anterior, preocupada com manchetes e com falhas graves no embasamento técnico dos projetos apresentados. Não há um planejamento estratégico, concreto e otimista de que o Paraná voltará a crescer. Estamos estagnados", avaliou.

(FOTO DE CAPA: DIÁRIO DO SUDOESTE)

#sudoeste #SantoAntôniodoSudoeste #PatoBranco #verê #capanema #barracão #FranciscoBeltrão #rodovias #pedágio #concessionárias

9 visualizações

Praça Nossa Senhora de Salette, s/nº
Gabinete 101 - 1º Andar - Centro Cívico

Curitiba - Paraná

CEP: 80530-911

Siga Requião Filho nas Redes Sociais

  • Face do Requião Filho
  • Twitter do Requião Filho
  • YouTube do Requião Filho
  • Instagram do Requião Filho
  • Flickr do Requião Filho
  • SoundCloud  do Requião Filho