Search

Mesmo com retirada de Emenda, Requião Filho mantém Audiência Pública em Foz, nesta quinta


Após tomar conhecimento de que o Deputado Federal Sérgio Souza (PMDB-PR), retirou na Câmara dos Deputados, em Brasília, a Emenda Aditiva à Medida Provisória 785/2017 que pretendia transformar a Unila em Universidade Federal do Oeste do Paraná (UFOPR), o Deputado Estadual Requião Filho (PMDB) garantiu a realização do debate com a comunidade programado para esta quinta-feira (17), em Foz do Iguaçu.

“Parece que o Deputado Federal Sérgio Souza se comprometeu após uma conversa com o reitor da Universidade a retirar a emenda, que pedia a extinção da Unila, da Medida Provisória. Mas nada impede que esse assunto volte e essa luta tem que ser nossa, de todos os paranaenses”, declarou Requião Filho.

Assista:

O deputado enalteceu a importância do investimento público em educação e na proposta de integração com a América Latina desenvolvida pela Universidade. A iniciativa de Requião Filho recebeu elogios dos deputados Rasca Rodrigues, Tadeu Veneri, Professor Lemos, Husseim Bakri e Márcio Pacheco, em plenário, durante sessão realizada nesta terça-feira, na Assembleia Legislativa do Paraná.

“Investimento na formação de jovens deve ser tratado com muito carinho e responsabilidade. Se eles querem uma instituição que forme nossos alunos do oeste para o agronegócio, que também é muito importante, terão nosso apoio. Mas não tem sentido extinguir um projeto tão sólido quanto a Unila para criar outro. Não queremos subtrair e sim somar”, afirmou na tribuna do plenário, o deputado Requião Filho.

A Audiência Pública em Foz do Iguaçu está mantida. Será realizada nesta quinta-feira, dia 17 de agosto, às 19h na Câmara Municipal de Vereadores.

Sobre a Unila

A Unila - Universidade Federal da Integração Latino-Americana foi criada em 2010 pelo Governo Federal com o objetivo de desenvolver a região e promover um intercâmbio cultural, científico e educacional com os países da América Latina. É uma universidade bilíngue (português e espanhol) onde também são falados o guarani, o quéchua e o aymara, entre outras línguas originárias.

É frequentada por mais de 3.500 estudantes de 20 países, matriculados nos 29 cursos oferecidos pela instituição, em áreas de interesse comum, sempre com foco para o intercâmbio cultural e o desenvolvimento e integração regionais.

Além de imprescindível ao desenvolvimento econômico, científico e tecnológico, a internacionalização do ensino superior faz parte do esforço diplomático de qualquer país que deseja ser reconhecido e respeitado pelos demais.

Nesta universidade, destacam-se pesquisas estratégicas que vão desde a biotecnologia avançada às energias renováveis; do desenvolvimento das áreas de fronteira à infraestrutura da integração física e energética; da gestão integrada dos recursos hídricos às condições de saúde pública dos países do Mercosul.

#UnilaResiste | Mais de 15 mil pessoas já assinaram uma petição pública na internet em defesa da Unila e contra a emenda de Sérgio Souza. A população defende a manutenção da Lei de Criação da UNILA, sua identidade original e sua missão, que é formar sujeitos aptos a contribuir com a integração latino-americana, com o desenvolvimento regional e com o intercâmbio cultural, científico e educacional da América Latina.

#unila #unilaresiste

Praça Nossa Senhora de Salette, s/nº
Gabinete 101 - 1º Andar - Centro Cívico

Curitiba - Paraná

CEP: 80530-911

Siga Requião Filho nas Redes Sociais

  • Face do Requião Filho
  • Twitter do Requião Filho
  • YouTube do Requião Filho
  • Instagram do Requião Filho
  • Flickr do Requião Filho
  • SoundCloud  do Requião Filho