Buscar

#29deAbril População não pode esquecer: massacre foi culpa de Richa


O deputado Requião Filho (PMDB) disse nesta quarta-feira (27), em discurso na Alep, que a população do Paraná não pode esquecer que o massacre dos professores, que completa um ano no dia 29 de abril, foi culpa do governador Beto Richa (PSDB).

Para o líder da oposição, o governador poderia ter evitado a agressão que deixou mais de 200 educadores feridos. “O massacre tem um culpado, e é o governador Beto Richa. Com um simples telefonema ele poderia ter evitado toda aquela situação, poderia ter retirado o projeto de pauta”.

O parlamentar manifestou apoio aos servidores públicos do Estado, que irão realizar na sexta-feira um dia de paralisação para lembrar o episódio. “Espero que o ato seja pacífico. Que se a Polícia Militar for chamada, que venha com a banda, e não com bombas. É um dia para ser lembrado por gerações, para que aquela violência toda nunca mais se repita”, afirmou.

Requião Filho também comentou sobre uma carta recebida hoje pelos deputados da “bancada do camburão” - que apoiaram o governo no projeto de lei que saqueou o dinheiro da previdência do funcionalismo.

"Somos cobrados e o eleitor tem esse direito, é democrático, em defesa de ideias, posições que devem ser legítimas e coerentes do começo ao fim. Porém, quando enviam uma carta grosseira como a que muitos dos deputados receberam hoje, isso extrapola a pressão popular e passa a ser uma agressão gratuita e desnecessária. Não vou mudar minha opinião por pressão pública. Defendi os professores naquela ocasião do 29 de abril e continuarei no mesmo pensamento”, garantiu.

#manifestações #29deabril #servidores

0 visualização

Praça Nossa Senhora de Salette, s/nº
Gabinete 101 - 1º Andar - Centro Cívico

Curitiba - Paraná

CEP: 80530-911

Siga Requião Filho nas Redes Sociais

  • Face do Requião Filho
  • Twitter do Requião Filho
  • YouTube do Requião Filho
  • Instagram do Requião Filho
  • Flickr do Requião Filho
  • SoundCloud  do Requião Filho