Buscar

Conta de água mais que dobrou no governo Richa, chegou a 104,6%


O preço da tarifa de água e esgoto da Sanepar mais que dobrou no governo Beto Richa (PSDB), resultado de uma política de elevação de ganhos da estatal para transferir mais lucros e dividendos aos acionistas privados. Desde que assumiu o governo estadual, Richa aumentou a tarifa de água e esgoto da estatal em 104,6%, enquanto os lucros distribuídos pela Sanepar aos acionistas privados saltaram 449%. A inflação acumulada no mesmo período foi de 40,57% (INPC).

O aumento mais recente, de 10,48%, foi anunciado na terça-feira (1º) e entra em vigor a partir do final de março. Em 2015 a empresa reajustou as tarifas por três vezes (maio, julho e setembro), totalizando 21% de acréscimo nas tarifas. O Executivo estadual também reajustou os preços dos serviços em 2014 e 2013 em 6,4% e 6,9%, respectivamente, e em 16% tanto em 2012 quanto 2011.

No mesmo período, os lucros distribuídos aos acionistas da Sanepar passaram de R$ 37,2 milhões em 2010 para R$ 204,3 milhões em 2015 – em 2011, no primeiro ano de mandato, Richa elevou o repasse de lucros e dividendos aos acionistas da empresa de 25% para 50%. No total, o volume de dinheiro recebido pelos acionistas no durante o governo tucano foi de R$ 873,1 milhões.

O deputado Requião Filho (PMDB), líder da oposição, afirmou que a Sanepar devia ser conduzida com o objetivo de servir os interesses da população, e não em benefício aos acionistas privados. “É triste ver uma empresa pública ser tratada de forma tão vil par garantir lucro para acionistas privados. Algo me diz que estes mesmos acionistas são os financiadores de campanha e amigos do governador. Não há outra explicação para tamanha bondade. Quem paga conta é a população”.

Repasse de lucro aos acionistas da Sanepar cresceu 449%

Requião Filho defendeu a redução do lucro dos acionistas para o mínimo legal. “Com isso, somente com os lucros da Sanepar em 2015, teríamos mais de R$ 100 milhões para fazer investimentos no Paraná”.

Vice-líder da oposição, o deputado Tadeu Veneri (PT) lembrou que enquanto o governo federal reduz a tarifa de energia elétrica, no Paraná o governo estadual aumenta mais uma vez a conta de água. “Na lógica do governo Richa, a Sanepar tem que dar lucro de qualquer jeito, mesmo que seja tirando o couro da população”.

O parlamentar lembrou que o reajuste da Sanepar ocorre em um momento em que os reservatórios das hidrelétricas estão cheios e o custo da energia está em queda. “Se a energia é um dos insumos que aumentam o custo da água, agora o momento seria de redução das tarifas”.

Segundo o deputado Nereu Moura, líder do PMDB, o aumento da tarifa é um “crime” contra a população. Ele criticou a justificativa do presidente da Sanepar, Mounir Chaowiche, que afirmou que a medida adotada por Richa foi tomada “pensando na segurança e qualidade de vida das famílias”. “É uma afronta, um deboche dizer que o aumento aconteceu para dar segurança para a população. O governador Beto Richa é insensível, não tem a menor dó das famílias mais pobres, justamente aquelas que mais sofrem com estes aumentos”.

#sanepar #paraná

3 visualizações

Praça Nossa Senhora de Salette, s/nº
Gabinete 101 - 1º Andar - Centro Cívico

Curitiba - Paraná

CEP: 80530-911

Siga Requião Filho nas Redes Sociais

  • Face do Requião Filho
  • Twitter do Requião Filho
  • YouTube do Requião Filho
  • Instagram do Requião Filho
  • Flickr do Requião Filho
  • SoundCloud  do Requião Filho