Buscar

Denúncias investigadas pela Operação Quadro Negro chegam a Brasília


O deputado estadual Requião Filho protocolou esta semana junto à presidência do Fundo Nacional de Educação e da Corregedoria Geral da União, em Brasília, um pedido de providências sobre o escândalo investigado pela Operação Quadro Negro, no Paraná. Segundo os investigadores do GAECO, foram milhões de reais em recursos federais desviados pela Construtora Valor que serviram para abastecer a campanha a reeleição do Governador Beto Richa (PSDB), em 2014.

RELEMBRE O CASO

Conforme a investigação do Gaeco, entre os anos de 2013 e 2015, a Construtora Valor foi a vencedora de dezenas de licitações da Secretaria Estadual de Educação, e contratada para construir escolas em diferentes municípios paranaenses. Porém, segundo as testemunhas que delataram o esquema aos investigadores, e em reportagem publicada pela Gazeta do Povo, a empresa estava em nome de “laranjas”, não realizou as referidas obras e os recursos liberados, quase que em sua totalidade, foram acrescidos de aditivos, pagos com aval do governador.

EXPECTATIVA

Os depoimentos ouvidos pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado e as acusações contra os políticos citados estão com a Procuradoria-Geral da República. Ainda assim, o Deputado Estadual Requião Filho espera providências e tenta sensibilizar a sociedade civil organizada a pressionar os deputados da Assembleia Legislativa para que colaborem com as investigações, uma vez que se trata de desvio de dinheiro público.

Assista a um dos discursos do Deputado Estadual Requião Filho, em julho de 2015, sobre o escândalo de corrupção envolvendo o Governo do Estado e a Construtora Valor.

#quadronegro #brasília #paraná #denúncias #educação #corrupção

2 visualizações

Praça Nossa Senhora de Salette, s/nº
Gabinete 101 - 1º Andar - Centro Cívico

Curitiba - Paraná

CEP: 80530-911

Siga Requião Filho nas Redes Sociais

  • TikTok
  • Face do Requião Filho
  • Twitter do Requião Filho
  • YouTube do Requião Filho
  • Instagram do Requião Filho
  • Flickr do Requião Filho
  • SoundCloud  do Requião Filho