Buscar

Deputado Requião Filho alerta para lista abusiva de materiais escolares


Todo início de ano é sempre o mesmo desafio para os pais com filhos em idade escolar! Em meio ao pagamento de impostos como IPTU, IPVA etc., há também a preocupação com as matrículas e as listas enviadas pelas escolas para o início do ano letivo. Dentre aos materiais escolares “exigidos”, há muitas vezes produtos de limpeza, higiene e escritório que são obrigações da própria escola. Por conta disso, muitos pais “desavisados” pagam mais caro do que deveriam e saem no prejuízo.

O deputado estadual Requião Filho, que é presidente da Comissão de Defesa do Consumidor na Assembleia Legislativa do Paraná, faz um alerta aos pais para que denunciem, caso a lista de materiais extrapole o que é exigido pela legislação. “Por lei, as escolas são proibidas de indicar marcas, exigir a compra de medicamentos, materiais de higiene, limpeza e de escritório. Nem a tinta da impressora da secretaria, o grampeador, ou o copo descartável utilizado pelos alunos da escola podem estar nesta lista. Tudo o que não for de uso em sala de aula pelo aluno deve ser tratado como opcional e não item obrigatório”, alerta.

Entretanto, Requião Filho chama atenção para aquelas escolas também que se eximem sequer de apresentar listas e cobram “taxa de materiais”, o que também é considerado prática abusiva. “Os pais têm o direito de conhecer os itens cobrados e, caso necessário, contestá-los”.

#consumidor

0 visualização

Praça Nossa Senhora de Salette, s/nº
Gabinete 101 - 1º Andar - Centro Cívico

Curitiba - Paraná

CEP: 80530-911

Siga Requião Filho nas Redes Sociais

  • Face do Requião Filho
  • Twitter do Requião Filho
  • YouTube do Requião Filho
  • Instagram do Requião Filho
  • Flickr do Requião Filho
  • SoundCloud  do Requião Filho