Buscar

Richa tem 72 horas para explicar mentira na contratação de policiais


O juiz Mário Dittrich Bilieri, da 5ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba, deu prazo de 72 horas para que o governador Beto Richa (PSDB) se manifeste na ação popular protocolada pela bancada de oposição que acusa o tucano de mentir em propagandas institucionais.

Em propaganda veiculada na televisão, rádio e internet, o governo informa que “10 mil novos policiais foram contratados” entre 2011 e 2014. Entretanto, relatório da Secretaria de Segurança Pública sobre a movimentação de pessoal no quadriênio obtido pelo deputado Nereu Moura (PMDB) mostra que foram contratados 7.033 policiais, sendo que o aumento real do efetivo foi de 3.439 homens e mulheres considerando que 3.594 policiais deixaram as corporações.

Ao comentar a ação popular protocolada pela oposição, em reportagem da Gazeta do Povo, a Sesp reconheceu que não alcançou as 10 mil contratações e que o governo mentiu nas propagandas institucionais. De acordo com a reportagem, “a secretaria afirma que o atraso [na contratação dos policiais] se deveu a questões burocráticas” e que “contratará servidores para a Polícia Científica e papiloscopistas e escrivães para a Polícia Civil, superando a meta de 10 mil homens.”

A oposição sustenta que a propaganda enganosa viola os princípios da legalidade, moralidade e publicidade e pede que os gastos realizados com o anúncio sejam devolvidos ao erário. Os deputados ainda pedem que o governador e os secretários de Segurança Pública e Comunicação do Paraná, Wagner Mesquita e Paulino Viapiana, devolvam ao erário os gastos realizados com a publicidade e que o Ministério Público investigue o caso, tendo em vista indícios de prática de improbidade administrativa.

O deputado Requião Filho (PMBD), vice-líder da oposição, ressaltou que o governador Beto Richa não tem compromisso com a verdade e que a justiça precisa ser feita. “A realidade do cidadão que pega ônibus lotado todos os dias, das empresas que estão fechando por falta de incentivo, ou do pai de família que não se sente seguro nas ruas e não tem sequer expectativa de vaga em escola pública para seus filhos no próximo ano, é bem diferente da que é vendida pelo Governo do Paraná em propagandas caríssimas. Não é justo o paranaense pagar do seu bolso mais esta ilusão do mundo da fantasia no qual vive o governador.”

#nereumoura #paraná #propaganda #alep #policiacivil #políciamilitar

1 visualização

Praça Nossa Senhora de Salette, s/nº
Gabinete 101 - 1º Andar - Centro Cívico

Curitiba - Paraná

CEP: 80530-911

Siga Requião Filho nas Redes Sociais

  • Face do Requião Filho
  • Twitter do Requião Filho
  • YouTube do Requião Filho
  • Instagram do Requião Filho
  • Flickr do Requião Filho
  • SoundCloud  do Requião Filho